segunda-feira, 9 de novembro de 2009

BASC - 0 - A.C.R. - 3

Em jogo a contar para a Taça Distrital de Aveiro a equipa do BASC recebeu no Pavilhão da Branca a equipa da ACR de Vale de Cambra que é neste momento a par da equipa do Ossela a comandante do Distrital da I Divisão.


Esta partida teve duas partes distintas. Na 1ª parte e cientes do maior poderio do seu oponente, a nossa equipa tentou fechar-se no seu meio campo defensivo e aproveitar os lances de contra-ataque.

Se em termos defensivos a estratégia estava a resultar, em termos ofensivos a equipa continuou a mostrar as carências habituais, não conseguindo gerir a posse de bola. A equipa recuperou imensas bolas mas invariavelmente entregava-a poucos segundos depois ao seu adversário, pelo que na 1ª parte o jogo se desenrolou praticamente no nosso meio campo defensivo.

Apesar da maior posse de bola do nosso adversário, esta não se traduziu em grandes oportunidades de golo junto da nossa baliza e curiosamente os 2 golos que viriam a ditar o resultado no final da primeira parte, acabaram por surgir de 2 perdas de bola nossas ao tentar sair para o ataque.

A 2ª parte foi totalmente diferente, a nossa equipa a perder por dois golos subiu as linhas defensivas e muito mais pressionante sobre o seu adversário foi em busca dos golos que permitissem a alteração do marcador.

Esta parte pautou-se por um maior equilíbrio, havendo até um ligeiro ascendente da equipa da Branca. Com ambas as equipas a jogar no ataque, o jogo tornou-se muito mais aberto e as oportunidades iam surgindo junto a uma e outra baliza, sendo que as mais flagrantes pertenceram à nossa equipa, mas ambos os guarda-redes mostraram estar a grande altura, acabando por não permitir que as suas redes fossem violadas.

Mesmo ao cair do pano e já quando quase todos os jogadores esperavam o soar do apito final a equipa da ACR viria a marcar o seu terceiro golo, com todo o mérito a pertencer ao seu jogador que apesar de se jogar o último segundo não deixou de acreditar e acabou por efectuar um remate mesmo em cima do gongo que assinala o final da partida, acabando por apanhar de surpresa o nosso guarda-redes que já não estava a contar com o remate e praticamente nem esboçou a tentativa de defesa.

Vitória merecida da melhor equipa embora por números exagerados sendo que a vitória pela margem mínima seria o resultado mais aceitável, principalmente pela boa segunda parte efectuada pelos atletas do Branca Activa.

Arbitragem em plano aceitável, embora um pouco precipitada no ajuizamento das faltas e quase sempre em prejuízo da nossa equipa.




Sem comentários:

Enviar um comentário